en pt
REDE FINANCEIRA SOCIAL
CALL CENTER:
0800 591 3058
Nosso horário de atendimento de Segunda à Sexta de 9:00 às 17:00, horário de Brasília
Calculadora da Felicidade
Loading...

IDEOLOGIA

Agora, periodicamente, eu escreverei e postarei no site textos ideológicos :-)) Esse texto pode ser usado como base para a criação de panfletos, por exemplo. Se necessário, ele pode ser editado.

O mundo moderno é mau, desumano e injusto. É o mundo do dinheiro. Não é para as pessoas. É para aqueles que produzem dinheiro, para os banqueiros e financiadores. E pessoas comuns apenas servem a eles. Elas “varrem” os seus palácios.

O que está por trás do bem-estar social? Trabalho. Mas por que um banqueiro vive centenas e milhares de vezes melhor do que um operário, um camponês? Eles trabalham mais? Eles nem mesmo produzem alguma coisa!

Talvez, agora, você fale consigo: "Bem... Banqueiro e operário, ambos trabalhadores como eu e o meu vizinho! Huummm... não podem ser comparados. Banqueiro lida com banco, dinheiro, relações e contatos! Quem somos para bater de frente com um banqueiro? Ninguém! Naturalmente, o banqueiro tem que viver melhor do que nós".

Mas não há nada "natural" nisso. A verdade é que todo mundo se acostumou com essa situação e aceitam-na passivamente. Para muitos, os banqueiros têm que viver melhor do que os outros, e não pode ser de outro jeito. Mas pode sim!

Por que o banqueiro trabalha menos, mas vive melhor que o operário ou o minerador? De qualquer forma, intuitivamente, você tem a resposta. Porque "o banqueiro é o banco, ele é o dinheiro." Exatamente! DINHEIRO! Esse é o ponto, o pilar! E sobre ele, sobre o dinheiro, que devemos conversar em detalhes.

Então, o que é o dinheiro? Você já pensou sobre isso? Uma fórmula de cálculo? A medida do trabalho? Como nos foi falado na infância, temos que trabalhar, trabalhar e trabalhar! O dinheiro não vai cair do céu, devemos ser honestos. Diga, então, para Abramovich (russo oligárquico, multimilionário dono do clube de futebol inglês "Chelsea") que ganhou todos os seus bilhões "honradamente” e com o suor. Pergunte como ganhar dinheiro honestamente. Será uma piada.

Sim, nós temos que trabalhar. Mas, no fim, o que devemos esperar? Uma aposentadoria miserável? Você gastou toda a sua vida trabalhando em alguma oligarquia, acabou com toda a sua energia e saúde, foi espremido como um limão e, depois de tudo, você foi jogado na lixeira. Essa é a terrível realidade da sociedade moderna. Isso é o que devemos sempre esperar no fim. Geralmente tudo termina dessa forma para a maioria das pessoas, como terminou para os seus pais, avôs e avós. E como terminará, se tudo permanecer como está, para os seus filhos, netos, bisnetos......Para que toda essa injustiça? Isso não deve existir! Por que algumas pessoas tem tudo e outras não têm nada? Por que algumas pessoas andam com chinelos dourados enquanto outras não conseguem pagar as contas do mês? Elas não têm condições de alimentar as suas crianças, embora todos eles "trabalhem honestamente". Por que isso acontece? Além de sermos pessoas, somos irmãos, somos "iguais", não somos? Então por quê?!

Porque existe uma grande mentira ao nosso redor. Não acredite em nada do que é passado diariamente na TV. As pessoas não são iguais, o dinheiro não é uma “medida de nosso trabalho”. Tudo isso é uma mentira descarada e insolente. Mentira, mentira, mentira e mentira, mais uma vez! Esse é o macarrão, que é pendurado em suas orelhas. E por que eles fazem isso? Para manipular mais facilmente as pessoas.

Você é igual aos outros? No quê? Você vive de um jeito diferente, come em diferentes lugares e descansa de uma forma diferente. Em um dia, o oligarca gasta mais do que você gasta em um ano! A esposa dele viaja para Courchevel. E a sua? Ele é tratado nas melhores clínicas suíças, e você? As crianças dele e as suas... Já comparou? Bem, onde está a "igualdade"?

Talvez, vocês sejam iguais nos direitos. Ah, eu esqueci dos direitos. Como está escrito na nossa Constituição, não é? (Lá existem coisas ótimas e inteligentes. Leia no seu tempo livre. Você será inspirado por elas. :-)) E que tipo de direitos de "igualdade" nós temos em relação a um oligárquico ou a um banqueiro? Eu estou curioso para saber! O direito de trabalhar? Sim, isso é verdade. O direito de eleger e ser eleito? Humm... Bem, você pode eleger, é claro, basta votar! (Não importa em quantas pessoas você votar, o mais importante é como os votos são contados. :-)) E sobre "ser eleito"? Você vai ser eleito em algum lugar? Você tem o dinheiro pra isso? Não? Então, respire calmamente e relaxe. Volte para a sua fábrica, continue a trabalhar e não “balance” o barco. Essa vida de “festa” não é para você. É para aqueles que “são mais iguais” do que você :-)).

O que espero é que o tipo de "direitos iguais" que vocês têm sejam mais iguais.

Nós não falamos sobre a "medida do trabalho". Isso é conto de fadas para idiotas. Dinheiro não é nenhum tipo de "medição do trabalho". (De outra forma você teria que viver como um lorde. Ou talvez você não trabalhe tanto? Eu não sei. :-)).

Mas o que é dinheiro? Algemas. Correntes. Cadeias. Cadeias duráveis e inquebráveis, segurando os escravos em sujeição de forma mais eficaz do que qualquer aço. O que são escravos no século 21? Você me pergunta o que são escravos? Você e eu! Todos nós! Eu, você, ele, ela...Todos nós! Todos somos escravos. Escravos do dinheiro. Mais precisamente, somos escravos dos que imprimem o dinheiro. Somos escravos dos nossos mestres.

Nada foi mudado durante todos esses séculos na Terra. Oh-ho-ho!.. Nós vivemos até agora no sistema de escravidão. Apenas por fora tudo parece ser mais decente, mais delicado e mais sofisticado. Nossas algemas não são mais pesadas, enferrujadas e de aço, agora elas são invisíveis e sem peso. Elas parecem não existir. Você pode ir aonde quiser. Você pode fazer o que você quiser. Você é “livre”!

Mas na verdade as algemas ainda existem. Ainda, droga, você não é livre! "Liberdade" é uma ilusão. Dinheiro! Esse é o ponto! Bem, onde você pode "ir" sem dinheiro? Não estamos mais na Idade da Pedra, você não pode viver numa caverna, não pode se vestir com pele de animais e não pode caçar mamutes. (E onde estão eles, esses malditos mamutes? :-)). Você precisa de uma casa, roupas, comida. E isso tudo você consegue com dinheiro, dinheiro, dinheiro... E mais uma vez, dinheiro! Afinal, todas as coisas ao nosso redor são para o dinheiro. Você não pode dar um simples passo sem ele. Mas onde encontrar o dinheiro? Você está certo, você tem que ganhá-lo. Você ouviu? Barulho de correntes, assovio do chicote e o grito do mestre?

Você já pensou que é imoral vender a si mesmo? Esse tipo de prostituição, de vender suas próprias forças, cérebro, tempo... Onde está a diferença entre isso e vender todo o seu corpo? Se todos parassem de trabalhar, o que aconteceria? Voltaríamos às cavernas e a nos vestir com pele de animais novamente, não é?

É isso mesmo, e é fácil de entender! (Pelo menos eu entendi. :-)). É sobre isso que eu estou falando! Nada foi mudado durante todos esses séculos na Terra. E estes argumentos "convincentes" que, com certeza, são ouvidos pela sociedade escrava, enquanto o escravocrata tenta fazer os seus servos, rebeldes e pouco alfabetizados, acreditarem que é preciso trabalhar duro (Escravos estúpidos! :-)). Dizem a seus servos: "Afinal, se vocês pararem de trabalhar, de arar, de semear e colher, o que vai acontecer?! A nossa sociedade desmoronará! E nós morreremos de fome!".

Sim, é necessário trabalhar para criar algo útil para a sociedade. De outra forma, a sociedade se degradaria e morreria. Mas, primeiramente, nós temos que trabalhar voluntariamente, não por um prato de sopa, não apenas para sobreviver; nós temos que fazer o que nós gostamos de fazer!

E mais, trabalhar é para todos! Afinal, todas as pessoas são iguais, não? A situação é a seguinte: enquanto uns ralam, suam a camisa, outros simplesmente observam e ganham muito dinheiro bebendo seus uísques caros. Tal situação não é aceitável. E não há, de forma alguma, explicações" para isso.

Dinheiro é só um papel, não são voltados para nada tangível e são simplesmente desenhados (me desculpe, são impressos :-)). E então esses papéis são distribuídos aos escravos como "salário pelo trabalho”. Quando os escravos ganham um papel extra, significa que o salário aumentou :-)). E, então, eles ficam felizes. Você está chocado? Alas, c'est la vie. Essa é a nossa amarga realidade.

Como o mundo financeiro é organizado? Em pirâmide. O SRF, Sistema de Reserva Federal dos Estados Unidos, está no topo. O SRF imprime os dólares. Quanto? O quanto eles quiserem! É claro que nisso tudo há leis internas e regulamentações. Eles tentam, por exemplo, não imprimir tantos dólares para evitar que a moeda se desvalorize etc. Mas, em princípio, o SRF imprime a quantidade que quiser de dólares. Pelo menos não existe nenhuma limitação externa para isso. Absolutamente! O SRF dos EUA é guiado, unicamente, pelas razões da conveniência.

Nos níveis mais baixos da pirâmide global estão os bancos de diferentes países. É claro que essa é uma análise simplista, mas é a realidade que reflete uma imagem global. Por que precisamos de bancos? Dizendo, figuradamente, o banco faz o papel dos vasos sanguíneos no organismo social. Através desses vasos, o dinheiro (sangue) sai do coração (o Banco Central) e entra em todos os seus órgãos. O dinheiro (sangue) lava esses órgãos, traz vida a eles! (não sou eu que estou dizendo isso. Você pode procurar essa informação em qualquer livro de economia :-)).

E como os dólares se relacionam a tudo isso? E qual relação que o SRF tem conosco, pobres pecadores? A mais direta possível, estou dizendo! Afinal, o dólar é a moeda global. (Você não sabia disso? :-)). Vamos supor que o Banco Central da Rússia ("um pequeno e orgulhoso pássaro" :-)) não possa imprimir rubles sem a permissão do SRF dos EUA! De forma alguma! Desde quando a Rússia fornece petróleo e gasolina para os Estados Unidos por um bilhão de dólares (é um vagão de peças coloridas de papel com imagens de grandes presidentes americanos!), então ao Banco Central Russo será permitido imprimir rubles na quantia de um bilhão de dólares com a consciência tranquila. Esse é o único jeito. De outra forma, a Rússia seria expulsa do FMI, e o ruble não seria uma moeda livremente conversível. Mas deixa pra lá. Esse é um assunto para outra conversa. Cheque o meu site depois :-)). Não se distraia. Vamos voltar à pirâmide.

Bem, ok. "Os vasos sanguíneos!.. lavam!.." — tudo isso, é claro, é lindo, mas a questão principal é: por que o banqueiro vive melhor que o operário? Nós ainda temos de responder! Eles são os vasos sanguíneos? Hummm, então devemos dar a eles um bônus em dinheiro por isso ou vouchers para uma dieta aprimorada? Eu, por exemplo, construo casas ou faço pão. Inclusive, isso é muito importante. Ele trabalha mais duro do que eu? Não. Então por que ele vive melhor?

E mais uma pequena pergunta. Eu trabalhei e trabalhei como um condenado para beneficiar o público, de manhã até à noite, mas mesmo assim eu não consigo pagar os empréstimos. Todos os meus amigos estão na mesma situação. Isso é normal? É óbvio que é errada e injusta toda essa escravidão eterna. Mas a quem eu devo dinheiro? Eu devo dinheiro aos bancos, aos vasos sanguíneos, lavando tudo, todas as coisas! Eu não preciso dessa merda de lavação! Resumindo, eles nos fazem de bobos. Só isso. Como sempre. Os banqueiros levam vantagem pelo fato que nós, simples trabalhadores, não temos tempo para pensar nesse esquema complicado, nós temos que alimentar as nossas famílias. É por isso que eles levam vantagem nessa situação e sobem nas nossas costas. Bastardos! Mê de uma arma e eu..........!!

Calma, calma! Tenha calma. Vamos pensar juntos, ok? Calmamente e lentamente. Mas eu quero avisar que você tem que treinar o seu cérebro. Não é fácil acabar, em dois minutos, com essas coisas que foram determinadas durante séculos pelas mais sofisticadas mentes da humanidade. Mas nós tentaremos. Pelo menos nós mostraremos, visualmente, algo, alguma coisa relacionada à vida dos bancos modernos. Nós demonstraremos tudo na prática, por assim dizer. Você vai gostar :-)).

Então imagine a seguinte situação que vira e mexe ocorre por aí!

Há dois amigos, Miguel e André. Também imaginemos o senhor Pérez, o banqueiro de Miguel e André, que guarda o dinheiro em seu banco. Miguel quer comprar a bicicleta de André, mas não tem dinheiro suficiente. Tem só 10 reais e André quer 100 por ela. Aqui aparece o problema. O que Miguel faria? Pagaria 10 reais a André e lhe pediria que não vendesse a bike a ninguém, deixa os 10 reais com ele, como depósito, e promete pagar o restante mais tarde. Ao mesmo tempo se dirigiria ao banco do senhor Pérez para pegar a quantia de 90 reais que falta. Não obstante, o negócio do senhor Pérez não vai muito bem mas sabe, perfeitamente, que André tem os 10 reais de Miguel. O que André faria com isso? Por segurança, ele depositaria no banco do senhor Pérez. Por isso, o senhor Pérez pede a Miguel que pague no dia seguinte, esperando que o mais cedo possível receba o dinheiro de André.

No fim, veja o que aconteceu. No dia seguinte André leva seus 10 reais ao banco e o banco, por sua vez, dá o dinheiro a Miguel. Miguel o entrega a André que volta a depositar no banco. E é assim, até que o tolo do Miguel economize bastante dinheiro para comprar a bicicleta.

Confundiram-se um pouco? =) É preciso ter paciência. =) Os demônios nos confundiram por muitos séculos, inclusive os banqueiros e os financiadores.

Então o que temos no final? Miguel finalmente conseguiu a bike de André. (uau! :-)), mas, ao mesmo tempo, Miguel deve 90 reais ao banco (Sr. Pérez) e o banco, por sua vez, deve 100 reais a André.

Em outras palavras, esses 10 reais, que existiram inicialmente, magicamente se transformaram em 200 (R$ 190 de dívidas mais R$ 10 de verdade)!

Mas esses 10 reais poderiam, inclusive, se converter em milhares de reais. Até mesmo em milhões ou bilhões! Se Miguel fizesse uma compra mais cara, nossos 10 reais fariam aumentar a quantidade desses ciclos, circuitos de mãos em mãos. É isso :-)).

Então, o que acontece no mundo de hoje? SOS! Parece que o banco ainda cria o dinheiro, faz aparecer do céu e o multiplica! Não apenas o SRF pode produzir dinheiro, os bancos também! (Na verdade, todo mundo pode fazer isso, menos você e eu. Nós não estamos no negócio dessa vida de “celebração”. Eu gostaria de imprimir ou desenhar dinheiro como quiser :-)). E, de fato, esses bancos multiplicam o dinheiro sem controle algum! E ainda estamos imaginando o porquê do banqueiro viver melhor? Que tolos e ingênuos que nós somos! Agora está explicado. Quem produz o dinheiro, é claro, vive melhor! :-))

Mas isso não é o suficiente! Nesse momento, o pobre Miguel NUNCA será capaz de pagar suas dívidas com o banco! Não importa o quão duro ele trabalhe. Miguel tolo, que não sabe disso ainda, que é um escravo para o banco, entra na escravidão do “crédito para sempre”. Porque esses R$ 90 que ele deve ao senhor Pérez não existem na natureza. Esperto o Sr. Pérez, que criou esse dinheiro do nada; ele o criou do ar! Em apenas um clique, os R$ 10 se converteram em R$ 200.

Sim, mas você pode perceber que o banco deve R$ 100 ao André. E, por sua vez, o banco está no sistema de escravidão dele e não será capaz de pagar as suas dívidas, também, que tem com o próprio André. Então cadê o lucro do banco? Qual é a jogada?

Ahhhh, você perguntou qual é a jogada! A jogada é que, de fato, o banco tem muitos Andrés, milhares e milhões, e eles nunca sacarão todo o dinheiro ao mesmo tempo. Se um André vier, o banco retornará o dinheiro dele a partir de outros dez depositantes, é isso. Isso significa que as dívidas do banco não são perigosas e onerosas. De fato, a dívida do banco é virtual; ela existe apenas no papel ou no programa de computador. Ele nunca será reembolsada de verdade. Apenas em caso de pânico, se os depositantes assustados, repentinamente, vierem pegar seu dinheiro — tudo de uma vez! Você sabe o porquê de os bancos falirem de tempos em tempos? Aqui está o porquê. Porque não há dinheiro suficiente no mundo para todos os depositantes! Existe 90% de ar (dinheiro imaginário) nos cofres bancários. Apenas um nevoeiro lilás :-)).

Assim, o banco não tem problemas. Não precisamos se preocupar com isso. Mas o nosso Miguel tem sérios problemas agora. Ele tem de reembolsar o banco por conta de sua dívida! Completamente! Com propriedades e sanções. Você sabe disso. Ele será forçado a fazer um novo empréstimo para pagar o antigo. E então tudo acontece de novo, e de novo, sem fim, até sua morte! E não há um como dar jeito nesse nó de crédito “correndo”. Não existe, em princípio! É isso! A armadilha funcionou. Agora Miguel é um devedor perpétuo. Ele é um escravo. De agora em diante, ele irá trabalhar, trabalhar e trabalhar para o banco...Até ele morrer. E, mesmo assim, ainda não pagará as dívidas. Depois de sua morte, seus filhos e bisnetos irão trabalhar para esse mesmo banco. Todos eles são futuros escravos do banco. Mais precisamente, eles são escravos desse monstruoso e canibal sistema financeiro global, que gerou esse cruel e desumano mecanismo, que precisa ser destruído.

Apocalipse Financeiro! Ele pode quebrar nossas “cadeiras financeiras” e salvar a todos. Ele pode, finalmente, nos livrar de séculos da escravidão. Todo o passado será queimado completamente em chamas purificantes do Apocalipse e o futuro será estabelecido. A Reserva Federal será queimada e o vento da mudança dissipará as cinzas do SRF, dessa droga de polvo insaciável, de mil tentáculos, dessa aranha que enredou o mundo inteiro com essas redes financeiras pegajosas; bancos, na sua forma atual, serão jogados no chão. Eles não "lavam" nada. Não acredite nessa besteira! Eles trazem a morte para todas as coisas vivas. Eles sugam o nosso sangue. Bancos são parasitas no corpo saudável da sociedade, ácaros, inflados por nosso sangue. Eles são vorazes e insaciáveis sanguessugas que se agarraram firmemente a nós. O que eles atualmente fazem de útil? Eles fazem empréstimos ao seus interesses chantagistas.

Por que os bancos te cobram coisas ao realizarem um empréstimo? Você já se perguntou sobre isso? A cobiça sempre foi condenada e desprezada em todos os tempos e em todas as nações. Mas agora essa é a lei. Um empresário faz um empréstimo bancário. Por que eles querem as coisas dele? Ele quer criar algo útil para a sociedade, para a sociedade inteira, inclusive para os banqueiros. Ele tem que ser encorajado e receber privilégios por aquilo, em vez de ter sua pele arrancada.

Mas os bancos de hoje não foram criados para isso. As propriedades da sociedade não são importantes para eles; os bancos tomam cuidado apenas dos lucros financeiros e dos benefícios próprios. Eles não se preocupam com as pessoas. Os bancos de hoje são fiéis servos da Reserva Federal; eles são gananciosos e ávidos sanguessugas, pequenos vampiros a serviço de um gigante e maldoso monstro, moderno conde Drácula, que mergulhou o mundo inteiro na escravidão financeira, e ele suga e suga o nosso sangue. E ele continuará a sugar o sangue de nossos filhos e nossos bisnetos, se não o pararmos e o destruirmos. Martele uma estaca em todos os bancos, e não se esqueça das balas de prata! Apocalipse! Apenas Apocalipse Financeiro! Nós não temos outra escolha. Nós não somos escravos. Nós somos pessoas e escolhemos a Liberdade!

E essa liberdade já está no início. Agora, com a chegada da MMM, o Apocalipse Financeiro é inevitável! A partir de agora, é só uma questão de tempo. Os grãos foram semeados e eles germinarão. Agora, nesse exato momento. E ele não vai apodrecer.

O que é a MMM?

MMM é uma Sociedade de Assistência Coletiva Global, o Banco das Pessoas do Mundo, uma Rede Social Financeira — você pode chamar como quiser! A questão primordial não é o título. A questão primordial é que ela é uma rede informal e voluntária de milhões de pessoas ao redor da Terra, pessoas, que se levantaram contra a escravidão financeira. Elas decidiram declarar guerra contra o SRF e os outros bancos, e ganharão ela! Para alcançar essa conquista, elas juntaram o seu dinheiro. E não importa que, separadamente, as suas economias não sejam grandes, mas existem muitas pessoas na MMM, milhões, e, juntas, formam uma força tremenda! Uma força invencível! E essa força está crescendo dia a dia.

De fato, o banco existe por causa de quê? Por causa das oligarquias e dos bilionários? Não, eles existem em função das mesmas pessoas comuns que mantém a sua mísera economia em bancos. A MMM realmente chuta o traseiro dos bancos abrindo os olhos das pessoas. Por que as pessoas guardam as suas economias nos bancos? Porque não existe alternativa; bancos são monopolistas: onde as pessoas devem pegar o dinheiro delas? (como o André — para o Sr. Pérez). Não no banco, então em outro (Não para o Sr. Pérez, mas para outro banqueiro. O seu nome é Sr. Amaro. Mas de qualquer forma, dá na mesma merda). Todos eles são pintados com o mesmo pincel; todos eles são filhos vindos da solícita mãe-aranha chamada SRF. Eles são pequenas aranhas.

E agora nós, finalmente, temos uma alternativa: a MMM! É sua! As pessoas podem acessá-la de qualquer lugar. Hoje você ajudou — amanhã será ajudado de volta. Esse é o princípio da MMM. Ou você quer um banqueiro gordo comprando outra limusine ou construindo outra vila com o seu dinheiro "dificilmente ganho"? Ou você quer ser o próximo Miguel ou o próximo André? Ou você quer ser o próximo escravo? É melhor se juntar à MMM e deixar o seu dinheiro ajudar àqueles que estão precisando agora mesmo: pessoas de baixa-renda, deficientes, pensionistas, famílias com muitos filhos. Ajudem aos que se parecem com você.

A MMM é uma espécie de cofre comum gigante, onde todas as pessoas botam o seu dinheiro lá dentro e, então, pegam ele de volta na quantidade que for necessária, e não o rouba para viver no luxo.

De fato, o ser humano não precisa de muito dinheiro. É importante apenas a consciência que ele tem dele. A única coisa que é realmente necessária para todos é a confiança no futuro. A MMM dá essa confiança às pessoas, ela dá a sensação de cumplicidade, que você não está sozinho! Você será sempre ajudado em tempos difíceis. Você não será deixado sozinho. MMM é o começo de uma nova sociedade mais clara e mais limpa. É o começo de um mundo novo, onde o dinheiro não existirá, onde tudo será diferente. Honesto e completamente. Não existirão mais escravos e mestres. E todos trabalharão com prazer e para o benefício da sociedade. E o bem, finalmente, vencerá o mal. Tudo acontecerá neste mundo novo. Certamente!

Bem-vindo ao Sistema MMM!

Nós estamos esperando por você! Nós Podemos Fazer Muito! Nós Mudamos o Mundo! E mudaremos. Tudo será a MMM! O Apocalipse Financeiro é inevitável!

P.S.: E, pelo jeito, essas notícias aparecerão depois de escrever esse artigo: Obama recusou a emitir um trilhão de moedas. Bem, e daí? Alguém ainda acredita, mesmo depois de tudo isso, que o dinheiro é uma medida do trabalho :-))? Depois de tudo, alguns ingênuos e simplórios imaginam o processo da criação do dinheiro como uma espécie de sacramento: se você criou o valor material, vamos supor, você fez um parafuso, ou seja, o dólar nasceu em algum lugar no mundo. Outro tolo nasceu em algum lugar do mundo :-)) Sim! "O dólar nasceu." Não me faça rir! Eles pegaram uma peça de metal e escreveram "1 trilhão de dólares" nela. Então, o que isso significa? Esse trilhão nos parafusos nasceu, não nasceu :-))? É sobre isso que eu estou falando. É anormal quando uma pessoa dificilmente ganha o seu dinheiro e outra apenas cria ele. É um mundo mau e injusto. Apocalipse Financeiro! Esse é o único método! Nós não temos outra escolha!